Pesquisar

ATENÇÃO!

Não somos responsáveis pelo conteúdo de cada vaga. O nosso trabalho é somente compartilhar o anúncio que cada empresa nos envia.

INFORME NO ENVIO

Informar no corpo do e-mail que a vaga foi anunciada pelo www.gebeoportunidades.org

Pesquisar

quarta-feira, 8 de julho de 2020

6 mil vagas de trabalho para o DF

Emprega DF concede benefício fiscal a mais duas empresas, que terão desconto de 67% no ICMS enquanto durar o contrato com o governo

Duas novas empresas aderiram ao programa Emprega DF e estimam gerar 6 mil empregos diretos e indiretos até o final do ano. Os secretários de Desenvolvimento Econômico, José Eduardo Pereira Filho, e da Economia, André Clemente, assinaram os contratos de adesão com o Grupo Panebras e a União Química.

O compromisso dos empresários com o governo do DF é gerar cerca de 6 mil empregos diretos e indiretos somente este ano. Em troca do benefício, as empresas terão desconto de 67% no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) enquanto durar o contrato.

O novo grupo Panebras Indústria e Comércio de Produtos Alimentícios recebeu 67% no ICMS, se comprometendo a gerar 325 empregos diretos, ainda, este ano. A empresa também projeta arrecadar R$ 1 milhão e faturar mais de R$ 35 milhões nos próximos meses.

Já a empresa União Química Farmacêutica Nacional S.A, que aderiu ao Emprega DF, já era beneficiária do Programa de Financiamento Industrial para o Desenvolvimento Econômico Sustentável (Ideas) e migrou para a nova iniciativa em troca de R$ 43% de desconto no ICMS. E irá gerar 1.211 empregos diretos e 4.884 empregos indiretos. A empresa prevê um faturamento de R$ 862 milhões.

“Apesar dos impactos da pandemia, estamos trabalhando forte para minimizar os reflexos na Economia; e nessa linha temos ressaltado os diferenciais do DF e incentivado os empresários na busca de novos mercados”, diz o Secretário

Desde que foi criado, em maio do ano passado, o programa já teve a adesão de 13 empresas. No total, 10.279 mil novos empregos estão previstos para 2020 pelas empresas em troca de desconto no pagamento do ICMS.

Fonte: Jornal de Brasília

Nenhum comentário:

Postar um comentário